Li num livro...


Sobre o Amor Ágape:

"... um amor desinteressado, altruísta, que deixa o outro livre, que não quer controlar nem mudar o outro, mas o aceita como é."

(Isabelle Ludovico - O Resgate do Feminino)

terça-feira, 5 de outubro de 2010

2º Retiro para Filhos de Pastores

video

A primeira parte do versículo 8 do capítulo 3 do Evangelho de João diz: "O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai..."

O vento é livre... é misterioso... sopra onde quer... muitas vezes sopra onde não queremos e da forma que não desejamos... em algumas oportunidades sopra totalmente contra nossa vontade... mas sopra... invadindo recintos... sem que possamos controlá-lo ou prendê-lo.... resta-nos apenas senti-lo...

Durante muitos dias, enquanto organizávamos o 2º Retiro para Filhos de Pastores sentimos alguns ventos soprarem: ventos contrários... ventos favoráveis... solenes e confortantes brisas.... mas também terríveis tempestades... ventos que nos impulsionaram a continuar... ventos que nos levaram a cogitar a possibilidade de desistir...

Em meio a tantos ventos ouvimos e sentimos um Vento diferente... um Vento que livre e desimpedido abriu janelas e portas do nosso ser e direcionou tudo: palestrantes convidados, repertório do louvor, atividades, horários...

Só temos palavras de gratidão a Deus por permitir que o Vento do Espírito Santo soprasse sobre nós antes e durante o retiro! A Ele todo louvor por tudo que nos proporcionou naqueles dias... por manifestar Sua Glória de forma singular! A Ele toda glória por duas almas resgatadas pelo poder da Palavra de Deus... por jovens que já não sentiam mais a presença desse Vento tornarem a sentir e chorarem como ciranças na presença do Altíssimo... (sim... filho de pastor também precisa aceitar Jesus como Salvador, precisa consertar o altar, e tudo mais...)... A Ele a glória por vidas transformadas, por vidas renovadas, por vidas libertas... O louvamos ainda porque Ele continua soprando sobre nós, ainda que ventos contrários soprem com muita força querendo nos fazer parar...

Nossa gratidão ao Pr Gilson (Departamento da Família da CIEADEP), Ev Rubens (Coordenador da UMADC) e Ev Edilson (Responsável pela Assessoria de Filhos de Obreiros do DEFAM) que nos auxiliaram diretamente para que o evento acontecesse. Ao Pr Wilton Jr e ao Pr Tarcis Jr por todo apoio e por terem aceito nosso convite para palestrar em momentos que foram muito mais que especiais... Ao ministério da Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Curitiba, Pr José Pimentel de Carvalho, Pr Wagner Gaby, Superintendência da Família, na pessoa do Pr Laércio, e todos os pastores que contribuíram financeiramente para esse evento. Que Deus os recompense em dobro tudo que fizeram por nós.

Nossa gratidão especial à nossas famílias... e mui especialmente aos nossos pais: Pastores Ozeas, Gessé e Clari, que tanto nos apóiam e nos chamam pra realidade quando estamos sonhando demais... rsrs... É bom registrar que temos visto o Vento soprar sobre nossas famílias! Deus tem nos abençoado porque vocês nos ensinaram o caminho que deveríamos andar, e por conseqüência aprendemos a deixar o Vento guiar nossas vidas!

Amamos vocês imensamente!!!!

O Vento continua e continuará soprando... projetos estão sendo colocados no papel, estão sendo alvo de oração e cremos que o Vento do Espírito Santo de Deus direcionará todas as coisas para que todos sejam concretizados!

Deus abençoe a todos e que o Vento continue soprando em nossas vidas, famílias e ministérios....!

Por Andrey, Quezia e Silmara

domingo, 22 de agosto de 2010

O que Deus diz sobre mim?


Embora a história de Jó seja marcante sob muitos aspectos, mas principalmente em relação ao sofrimento e sua vitória ao ganhar do Altíssimo tudo o que havia perdido em dobro, o autor sagrado ressalta no versículo 1 do primeiro capítulo do livro, que Jó era um homem comum e não uma figura lendária, principalmente no que diz respeito à paciência. Na primeira parte do versículo está escrito: "Na terra de Uz vivia um homem chamado Jó". Um homem entre tantos. Assim como eu e você. Tão humano quanto nós.

Deus trabalhou na vida de Jó, não para torná-lo um mito, mas para nos mostrar que é na nossa fraqueza que Ele nos aperfeiçoa e que Seu poder pode mudar e transformar tudo e esse poder vai muito além do que podemos imaginar ou supor.

Mas não quero me concentrar na riqueza de Jó, nem em seu sofrimento, nem nos discursos dos seus amigos e muitos menos em sua gloriosa vitória. Quero pinçar algo que me chamou a atenção nos dois primeiros capítulos deste precioso livro: o depoimento de Deus sobre Jó.

Depoimento é uma das coisas mais comuns nas redes sociais mais utilizadas pela nossa faixa etária na internet, principalmente no Orkut, a galera troca depoimentos a torto e direito. Conhece alguém pela manhã e a tarde já deixa depoimento como se conhecesse o outro a vida toda. Já vi depoimentos mirabolantes, engraçados, outros mais pra "puxação de saco" mesmo, inúmeras declarações de eterno amor e amizade... Mas poucos são os depoimentos que definem o caráter e o posicionamento do receptor...

Nos capítulos 1 e 2 do Livro de Jó, podemos visualizar o perfil de Jó na rede social da Palavra de Deus e podemos ler os depoimentos que ele recebeu. Vejam só! Orkut Santo.... (rsrs) Mas... Puxa vida... Jó tem um perfil meio pobrezinho... Ele só tem 3 depoimentos! AFF!

CUIDADO! Não seja preciptado em seu julgamento! Olhe com atenção! Um depoimento é do autor do Livro (possivelmente foi Moisés que escreveu esse livro de acordo com alguns teólogos) e os outros dois depoimentos são de DEUS!!!

UAU!!!

Você ainda "não tá botando fé" né!?... Então tá! Quer ver??? Pois então, vejamos:

* o autor diz em Jó 1.1: "Na terra de Uz vivia um homem chamado Jó. Era homem íntegro e justo; temia a Deus e evitava fazer o mal."

* Deus diz e Jó 1.8: "Disse então o Senhor a Satanás: "Reparou em meu servo Jó? Não há ninguém na terra como ele, irrepreensível, íntegro, homem que teme a Deus e evita o mal"."

* Deus diz ainda em Jó 2.3: "Disse então o Senhor a Satanás: "Reparou em meu servo Jó? Não há ninguém na terra como ele, irrepreensível, íntegro, homem que teme a Deus e evita o mal. Ele se mantém íntegro apesar de você me haver instigado contra ele para arruiná-lo sem motivo."

Aí você pode pensar ou me dizer: "Quezia, com toda a vida que Jó levava até eu teria depoimentos como esses no meu perfil!". Mas não é simples assim não... Não basta ter tudo que Jó tinha para ter o mesmo caráter e de quebra ganhar os mesmos depoimentos de Deus.

É importante observar que Jó em nenhum momento da sua vida negociou seu caráter, seus valores. Em nenhum momento Jó pecou, apesar de ser totalmente compreensível no mínimo uma murmuração no meio da situação caótica que se encontrava sua vida.

Não há nem necessidade de me deter na profundidade de cada característica citada nos depoimentos. É fato que, infelizmente, não temos tido a mesma postura de Jó diante de tudo que nos é apresentado em nossas vidas cristãs, profissionais, relacionais, etc. Temos trocado nossa integridade e nossa retidão por pequenos praeres, por negociações comerciais vantajosas, por festas mundanas, por palavras torpes... Na igreja santos, íntegros, retos, tementes. Na sociedade, totalmente o contrátio! (absurdo!).

Mateus 5.37 perdeu o valor na nossa sociedade. Sobre uma situação, para um dizemos "sim" e a outro dizemos "não"... "Seja o seu 'sim'. 'sim', e o 'não', 'não'."!!! Isso reflete caráter cristão! Prova que seguimos os passos de Cristo! Prova que tememos a Deus! Prova que temos compromisso com Deus e com a Palavra! Só assim conseguiremos fazer a diferença na nossa geração!

Para tanto, se faz necessário estar atento ao que a Palavra nos ensina, pois, Satanás nunca vai querer que façamos a diferença de forma positiva na nossa geração. Portanto, ele vai fazer de tudo pra usar uma força chamada "tentação" para nos atrair e induzir à iniqüidade, ao pecado e por conseqüência ao inferno! Tiago 1.14-15 diz o seguinte: "Cada um, porém, é tentado pelo próprio mau desejo, sendo por este arrasado e seduzido. Então esse desejo, tendo concebido, dá à luz o pecado, e o pecado, após ter se consumado, gera a morte.". Por isso, evitar o mal, fechando brechas que eventualmente abrimos em nossas vidas espirituais, através da oração, meditação da Palavra e jejum é o melhor caminho pra não ser engodado pelo inimigo. Isso engloba o temor ao Senhor, que é o princípio da sabedoria! Bem já disse o sábio Rei Salomão: "O temor do Senhor é o princípio do conhecimento, mas os insensatos desprezam a sabedoria e a disciplina." (Pv 1.7). Salomão também disse que "O temor do Senhor conduz à vida: quem teme pode descansar em paz, livre de problemas." (Pv 19.23).

O que Deus diz sobre mim???
O que Ele vai postar no meu perfil???
Jó em tudo foi perfeito e mereceu cada adjetivo empregado por Deus e por Moisés em seus depoimentos...
E eu??? Mereço palavras à altura das que descreveram Jó???
E você??? Merece palavras à altura das que descreveram Jó???
Se a resposta é SIM... GLÓRIAS A DEUS POR ISSO!!!!....
Mas se a resposta é NÃO, que tal parar tudo e começar do zero?? Pedir perdão ao Senhor e assumir um novo compromisso com Ele de seguir seus passos!?!?!?...


Que Deus nos ajude nessa caminhada... fortaleça nosso caráter... e que no final das contas, Ele tenha algo bom pra dizer sobre nós...


por Quezia Mattos

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Simplesmente...

... porque me arrancou diversos sorrisos...

em meio a tanto stress do dia a dia é bom receber um vídeo desses no e-mail e dar boas risadas...

o dia fica mais bonito... apesar de cinzento e frio...

=D

video

Quezia...

quarta-feira, 19 de maio de 2010

"Eu Me Entrego A Ti"

video

É uma canção que tem falado muito ao meu coração...
Tanto essa versão da Jaci Velasquez no vídeo acima, quanto a versão feita para o Art'Trio logo abaixo...

"Eu Me Entrego A Ti"
(Art'Trio)

Quando estou tão feliz
Eu sinto mais vontade de viver
Quando então triste estou
Eu penso que a vida terminou
Alegre ou na dor desejo estar
Contigo ó Pai

Eu me entrego a Ti
Eu me entrego a Ti
Meu Jesus, meu Salvador
Eu sinto em mim
O Teu poder transformar
Todo o meu viver

É tão bom conversar contigo ó Deus
A Tua paz sentir
E poder mostrar ao mundo
Que Tu és Emanuel
De olhos fechados meu Senhor
Vejo Tua luz

Eu me entrego a Ti
Eu me entrego a Ti
Meu Jesus, meu Salvador
Eu sinto em mim
O Teu poder transformar
Todo o meu viver, Pai



É tão bonito quando alguém diz que está entregando-se a Deus... é algo tão sublime que algumas pessoas chegam a poetizar esse momento... e fazem parecer que é algo totalmente natural e que nõa causa dor...
Não se engane... é doloroso... somos humanos...
Mas apesar da dor... existem vantagens que vão além do nosso entendimento...
Veja... ainda sou um ser humano... cheio de falhas... cheio de desejos... de planos... de metas... e que na minha mediocridade, ou pequenez espiritual, limita o poder de um Deus que é TODO PODEROSO!
Por inúmeras vezes fiz isso e faço... confesso! E de fato sei o quanto é complicado entregar-se...
Entregar meu caminho a Ele e deixar que Ele conduza minha vida faz parte da luta diária contra a minha carne... muito de mim quer controlar tudo em minha vida... quando na realidade, quem tem que estar no controle é Ele...!
Muito de mim quer colocar meus sonhos e desejos acima do querer Dele pra minha vida... sem lembrar que os planos Dele são maiores que os meus... sem lembrar que os projetos Dele vão além do que minha mente humana e limitada pode imaginar...!
Por essas e outras, tenho feito dessa canção uma oração... "eu me entrego a ti"... não como vã repetição... mesmo porque as vãs repetições não me levam a nada... mas porque essa entrega precisa ser verdade em minha vida... ela precisa ser total... sem reservas...
E como disse meu querido e nobre apóstolo Paulo: "PROSSIGO PARA O ALVO"... totalmente entregue ao meu Salvador...!






Quezia Mattos

domingo, 11 de abril de 2010

Memórias de uma Rosa...



Era tudo tão diferente... o mato não crescia solto...
as ervas daninhas não cresciam com tanto vigor...
o portão não estava enferrujado e nem presisando de pintura...
a grama sempre estava aparada...
os arbustos não eram tão retorcidos como aparentam agora...
as trepadeiras não cresciam com tanta libertinagem...
tudo ao redor era mais bonito...
até os dias nublados não pareciam tão sem graça, vazios e tristonhos...
em tudo havia 0 toque especial, de alguém especial: o Jardineiro...
Lembro bem do dia que ele entrou pela primeira vez pelo portão principal do jardim...
andar cuidadoso, sereno... mas determinado!... sabendo exatamente onde ir e o que fazer...
olhar gentil... toque delicado...
Tanto trabalho pra que o jardim ficasse em ordem... tanto esforço pra que um sonho começasse a ser realizado...
e nesse meio tempo, em meio a tantas flores maravilhosas, fui escolhida como "A Preferida do Jardineiro"...
era assim que outras flores me chamavam...
umas com ar de inveja e outras com admiração...
mas enfim... o cuidado era especial... o tempo dispensado para me regar, adubar e podar era diferenciado....
tudo para que de um simples botão, eu me tornasse uma bela Rosa...
Esse crescimento trouxe além de sedosas pétalas, muitos espinhos... característicos... indispensáveis para minha própria proteção... mas que escondia um perigo iminente: meus espinhos poderiam machucar alguém...
Jamais imaginei que meu amado Jardineiro poderia ser esse alguém...
Infelizmente, ele se machucou gravemente em meus espinhos...
Foi triste e doloroso ver meu bom Jardineiro ferido... e eu na ânsia de fazer algo pra ajudá-lo, acabava machucando-o ainda mais...
esse ciclo se repetiu algumas vezes até nos desvencilharmos e ele ir embora... ferido... machucado...
eu podia sentir a dor dele...
Ele se foi sem o tradicional "até amanhã"... e em meio a tanto nervosismo não percebi esse 'pequeno' detalhe...
Não voltou no dia seguinte...
imaginei que estivesse cuidando dos ferimentos causados por meus espinhos... fiquei ansiosa esperando que ele aparecesse a qualquer momento no portão, pra que eu pudesse pedir desculpas por tanta dor que meus espinhos lhe causaram...
mas ele não apareceu...
Dois dias se passaram... e ele não voltou... minha preocupação só aumentava.... e o olhar continuava fixo no portão... eu não podia perder a volta do Jardineiro... precisava daquele momento de perdão e reconciliação....
Três dias... e nada...
Uma semana....
Um mês...
Dois meses...
Três... Quatro... Cinco... Seis...
Sete meses...
Preocupação em ascendência... esperança decrescendo... e olhar ainda fixo no portão...
e sem poder fazer nada em relação ao jardim...
Ainda que pequena e decrescente, minha esperança é que ele volte...
pois, só o Jardineiro tem as ferramentas, adubos, vitaminas e água necessários e na medida certa pra fazer desse jardim o que ele sempre sonhou: o mais lindo jardim fechado do mundo!
Meus espinhos?... bom... eles ainda estão aqui... mas talvez o Jardineiro traga consigo algo que o proteja deles, ou algo que os tire de mim, ou ainda, algo que os torne menos pontiagudos...
(Por Quezia Mattos)


terça-feira, 23 de março de 2010

Meninas dos Olhos de Deus


Quando? 26/03/2010
Que horas? 20:00 (em ponto... hehe)
Onde? Av. Cândido de Abreu, 433 - no Salão de Festas
O que levar? Um prato doce ou salgado (definir com a Bruna) e caixas de bombom para as crianças das creches do IBAS
Nossa.... vai ser D+!!!! Você não pode perder!!!

A idéia do "Encontro das Meninas" já vinha sendo gerada desde o ano passado... e finalmente NASCEU!!! hehehe

Faça uma campanha pra arrecadar o maior número de caixas de bombom que puder... são para as crianças carentes das creches assistidas pelo IBAS...

Lembre-se que a assitência social também é parte essencial da Missão Integral da Igreja...


Só queria lembrá-las que a Sara estará conosco pra um bate-papo descontraído e bemmm feminino! Tenho certeza que Deus vai usá-la poderosamente pra falar com as MENINAS DOS OLHOS DE DEUS!!!


Orem por esse encontro...
Oremos umas pelas outras...


Quezia Mattos
\o/